TRATAMENTOS ALTERNATIVOS OU NÃO – PARTE IV: MEDICINA CONVENCIONAL E SUAS DIFICULDADES

Continuando esta série sobre tratamentos alternativos X medicina convencional, quero falar rapidamente de algumas dificuldades extras na avaliação crítica do conhecimento científico. 1-    Um estudo a respeito de um tratamento qualquer pode ter resultados positivos (o medicamento funciona) ou negativos (o medicamento não funciona). A chance de um estudo positivo ser publicado é imensamente maior do que a chance do  estudo negativo. No...

Leia mais

TRATAMENTOS ALTERNATIVOS OU NÃO – PARTE III: MEDICINA CONVENCIONAL E SUAS DIFICULDADES

O ovo já passou de vilão para herói e vice-versa não sei quantas vezes. O cálcio era dado para todas mulheres após a menopausa até começo de 2013, quando um novo estudo veio sugerir que o uso de comprimidos de cálcio não prevenia fraturas e ainda estava relacionado com efeitos colaterais cardíacos. Como entender estas divergências? Uma forma clássica de abordar um novo tratamento é a realização de um grande estudo, envolvendo milhares...

Leia mais

TRATAMENTOS ALTERNATIVOS OU NÃO – PARTE II: Qual a importância da base científica?

Na Idade Média, a medicina era baseada em conceitos pouco claros e bem próximos da magia. As doenças eram causadas por “humores” acumulados no corpo e quase todo tratamento era feito com sangrias, exatamente para a retirada deste “mal”. Paralelamente, o conhecimento popular levava ao uso de inúmeras plantas, geralmente sob a forma de infusões ou aplicações locais para tentar tratar de dores, infecções, febre etc. Ainda...

Leia mais

TRATAMENTOS ALTERNATIVOS OU NÃO – PARTE I: O que é a Medicina “não alternativa”?

No meu ultimo post, escrevi a respeito da medicina alternativa e comentei como as pessoas têm uma tendência a encarar a medicina com misticismo. Mas, é preciso uma reflexão também sobre o que se chama de medicina convencional, a começar pelo nome. Como se chama a medicina não alternativa? De cara, falar de medicina tradicional não é uma boa denominação, dá uma sensação de algo antigo e estático, o contrário de uma área que se renova...

Leia mais

Você acredita em mágica?

Acabo de ler um livro sensacional: “Do you believe in magic?”, do médico e escritor Paul Offit. O subtítulo é elucidativo: “O sentido e o absurdo da medicina alternativa”. Abaixo, traduzo livremente a epígrafe do autor: “Quando a religião era forte e a ciência fraca, os homens confundiram magia com medicina. Agora que a ciência é forte e a religião é fraca, os homens confundem medicina por magia.” O livro mostra claramente...

Leia mais